E o tempo voa..

20 05 2009

Hoje completa um mês que estou na África do Sul, morando em uma comunidade que se chama Masiphumelele com o restante do meu grupo de prático (no total de 12 pessoas). Esse tempo tem sido presente de Deus pra mim, com toda certeza. Ele tem me desafiado a depender ainda mais Dele, a acreditar que eu ouço Sua voz e que posso confiar Nele como amigo e companheiro! Estou fascinada com as coisas que Ele tem feito na minha vida, na vida do pessoal da equipe e na comunidade através da gente.

 Desde o inicio, já sabíamos como era Masi. A Carlinha, líder do nosso prático, havia nos falado que o indíce de estupro e de AIDS aqui é grande, de que a condição de vida não é nada fácil e que o lugar é bastante sujo. Mas uma coisa fez com que esse lugar, que foi descrevido assim, fosse gerado no meu coração!

Os primeiros dias não foram nada fáceis. Estamos alojados em uma creche (que funciona das 7h às 16h) e dormimos em dois quartos. Dividimos a cozinha com as mulheres que trabalham na creche e ainda recebemos uma geladeira de “presente” durante esse tempo!

Já fomos surpreendidos com a visita de “alguns muitos ratinhos” também! No início, subiamos em cadeiras e entravamos em desespero.. agora, já são nossos amigos!rs

 A primeira semana foi uma semana de sondagem. Andamos pelas ruas de Masi, observando o que precisava ser mudado e o que poderíamos fazer para ajudar. Oramos a respeito do que Deus queria que fizemos e foi ai que tive uma experiência bem legal com Deus. Eu não sabia o que fazer! Estava totalmente perdida e com medo.. meu coração estava preocupado com outras coisas e minha mente totalmente tumultuada! Conversei com a Carlinha e ela orou comigo. Depois, me perguntou o que eu gostava de fazer e deu a idéia de um concurso de redação. Achei legal a idéia, mas isso não queimou no meu coração. Fui orar. “Deus, não é possível que não tem nada! Não é..” Foi ai que veio bem forte no meu coração: FESTIVAL DE ARTES. A única certeza que eu tinha desde o início era que eu queria trabalhar com jovens e depois dessa luz que Deus me deu, liguei o festival a High School (Escola de ensino médio)! Pronto! É isso, um festival de artes na High School de Masi. Os alunos vão expressar através de dança, teatro e escrita os pontos positivos de morar aqui. Precisamos ter 6h diárias de tempo com a comunidade, mas isso não iria suprir essas 6h, então também coloquei que queria alternar com a Biblioteca (ajudar no que for preciso). Na hora que compartilhei o meu projeto o pessoal vibrou! E outra coisa bem legal, ele é um dos projetos grandes que vamos fazer! Aprendi com tudo isso que Deus está DOIDO pra compartilhar os sonhos do coração Dele com a gente. O problema é, estamos ouvindo?

Nossa casa a noite fica cheia de pessoas! E o mais legal de tudo, a gente adora! Todo dia tem gente jantando com a gente, cantando, rindo e abrindo o coração pra gente. Nossa casa tem sido canal de bençãos e eu fico muito feliz por isso! Tem dia que precisamos dar um toque para as pessoas irem embora, porque elas amam ficar aqui! Outro dia estava conversando com a Themby, uma menina daqui e ela começou a compartilhar o coração dela comigo. A minha vontade era de ficar ali, a noite inteira.. só ouvindo os desabafos dela. Sinto que as pessoas daqui são carentes e precisam de outras apenas pra ouvir! E foi isso que eu fiz, só fiquei ali. Ela me disse que na cultura africana os homens precisam pagar pra casar com as mulheres, através de dinheiro ou vacas… Um dote. O dinheiro pode ser usado pra pagar o casamento, o que seria o certo, mas muitos pais guardam o dinheiro também. Ela disse que no caso da menina não querer casar, a família do homem a sequestra! Assim, desse jeito! Disse que as vezes a menina sai e é a última vez que a família a vê! E o pior, a família não pode fazer nada. Por isso, muitas meninas não sentem vontade de casar e tem medo de sair de casa! E ai desanda tudo.. estupro, sequestro, violência…

Semana passada fomos a tarde na biblioteca e quando falamos pra duas meninas que estamos morando aqui Masi a reação delas foi de espanto! “Aqui, em Masi?” É, ganhamos o coração de muita gente pelo simples fato de morar aqui. Elas falaram que outros missionários passam 2 horas aqui e depois vão para flats. Passamos o dia todo com elas ontem e foi muito, muito bom! Deus tem nos dado estratégias de discipulado, projetos e de como marcar essa comunidade. Ele também nos deu pessoas chave, que podemos contar a qualquer hora do dia ou da noite.

Deus tem nos alertado MUITO em relação a nossa segurança. Deu sonhos pra alguns, impressões pra outros.. só colocando plaquinhas de alerta. Estamos tomando as precauções necessárias e sabemos que nossa segurança está Nele, só Nele!

De ontem para hoje tentaram arrombar a creche que estamos. Na mesma hora os meninos levantaram e começaram a fazer bastante barulho pra espantar quem estava na porta. Quando eles chegaram lá a chave estava quase caindo da fechadura. Na semana passada também teve dois assassinatos e um estupro aqui perto, mas temos certeza que tudo isso é o inimigo querendo nos amedontrar.. porque o resultado vai ser grande! Estamos nessa luta com Deus e sabemos que a vitória vai ser ainda maior!!! Nada vai nos tirar do foco.

Hoje de manhã Deus falou comigo em um versículo de Provérbios: “O nome do Senhor é uma torre forte; os justos correm para ela e estão seguros”. (Pv 18:10)Deus está com a gente, não temos dúvida disso.

Peço orações pelos nossos projetos, por segurança, pela nossa equipe e moradores de Masi.

 ORE| CONFIE| INVISTA em missões.

 Grande abraço e muita saudade,
Débora Arcuri

Banco do Brasil
Conta poupança: 10.868-5
Agência: 2457-0
Variação 01

 

Uma das meninas da creche

Uma das meninas da creche

Rua de Masi

Rua de Masi





Primeiros dias na Africa do Sul

25 04 2009

 

Acho legal começar esse “diário de viagem” falando de como foi a escolha da equipe da qual em faço parte. A Carlinha, nossa líder, veio pra Masephumele ano passado para trabalhar aqui. Resultado? Ela achou que o pessoal daqui não estava fazendo lá essas coisas e conversou com um dos responsáveis. Ele a desafiou a trazer uma equipe pra “fazer melhor”. Depois disso, ela orou durante um ano para que Deus colocasse as pessoas certas na equipe que viria esse ano. Conversando com a Sarinha antes de vir, ela me fez perceber a grandeza disso tudo! Deus, lá de cima já tinha juntado todo mundo, antes mesmo de nos conhecermos! Ele nos escolheu antes mesmo de decidirmos fazer ETED! É muito legal saber disso, nossa vinda pra cá tem um propósito grande e ainda bem que Deus tá no controle.. senão, de nada valeria. O resultado, aqui estamos nós..

 

Chegamos na África do Sul no dia 20 de Abril. O frio estava grande e a animação também! Cara, o nosso prático é na África do Sul.. um lugar que antes já chamava a minha atenção.

Antes de vir, fomos avisados que a South Africa (compania aérea da África do Sul) era mestre em extraviar malas. Pronto! Seguindo o conselho da Carlinha colocamos um pouco de roupa na bagagem de mão, caso acontecesse alguma coisa (como aconteceu no ano passado!). Orei e pedi a Deus que a minha mala chegasse até o destino final e assim que chegamos na Cidade do Cabo a minha mala foi a primeira a chegar! Acho que Deus viu a preocupação que eu estava e disse: pronto minha filha, sua mala está segura!hehe

Só que houve um probleminha, a mala da Carlinha e da Sarinha não estava lá. Esperamos e tomamos as medidas necessárias, acho que pelo fato da escala ter sido rápida, as malas só vieram no outro voo. O legal, foi que isso não impediu a nossa animação em chegar a nossa “casa” por dois meses!

 

O Terry foi quem nos buscou no aeroporto e nos trouxe pra Mase, a comunidade que estamos morando. Bem animado e bastante receptivo, tentou nos mostrar pontos turísticos da cidade e ainda parou pra gente tirar uma foto, coisa de turista mesmo!hahaha Tirando a mão inglesa, eu amei a Cidade do Cabo! É um lugar lindo, aconchegante e com uma hospitalidade incrível!

 

Todo mundo estava com a expectativa a mil pra saber aonde a gente ia morar. Chegamos em Mase e o choque foi grande, muito grande. Masephumele é uma comunidade de negros e com uma situação bem precária de limpeza e estrutura. Muita gente vem pra cá pra fazer missões, mas apenas 3 equipes moraram dentro da comunidade.. somos a primeira equipe de brasileiros aqui! Ê responsa!rs

 Têm sido um grande desafio pra gente, mas mesmo assim podemos ver o cuidado de Deus no lugar que ficamos.

 

Estamos hospedados em uma creche, com crianças de 7hr às 16h! Nos deram dois quartos (que divimos entre meninos e meninas), um banheiro e uma cozinha (que a gente compartilha com eles). Timmy, Neba e Cia são nossos “guias” e amigos aqui. Tem nos ajudado a conhecer o pessoal da comunidade e vão nos ajudar a desenvolver nosso trabalho aqui.

 

No outro dia, 21 de Abril, acordamos mais tarde. O fuso horário daqui é de 5hr pra frente! Isso juntou com o cansaço e falta de sono do avião, precisavamos de um dia de descanso! A tarde fomos “passear” na comunidade pra ver aonde estão as necessidades e no que a gente pode trabalhar. Conhecemos pessoas e aprendemos um pouco do dialeto deles. Me senti um peixinho fora d’agua, mas sei que foi só a primeira impressão ( que não vai ficar! :)

A noite, ficamos em casa mesmo. Timmy nos deu algumas dicas: não andar com nada brilhante, câmeras e nem muito dinheiro pelos primeiros 3 meses, já que a comunidade ainda não nos conhece. E também nos aconselhou a estar em casa até as 19hr. Sei que Deus está guardando a gente aqui, não tenho dúvidas disso, mas precisamos tomar as medidas necessárias né?rs

 

Desde que eu vim pra cá, a minha vontade é de trabalhar com jovens. A Carlinha nos pediu pra ouvir Deus em relação a isso e também pra que nosso projeto tivesse haver com algum dos nossos 3 objetivos como equipe: crianças,jovens e mudança de vida em Masephumele. O projeto que Deus tem colocado no meu coração tem haver com os dois [ultimos. Deus está criando raízes e já já eu comento aqui.. só uma coisa, estou empolgada!

 

Dia 22 de Abril foi o dia das eleições para presidente aqui na África do Sul. É muito bom estar aqui participando desse momento tão marcante, assim como o dia pra mim. Foi nesse dia que a minha ficha caiu a respeito de estar aqui na África. Vim sem muita expectativa e sem ter noção do que Deus tinha preparado pra gente fazer aqui. A gente achou melhor ficar mais em casa nesse dia, já que essa eleição é um grande marco para o futuro da África.

Depois do nosso almoço demos um “pulo” em um café aqui do lado, que em internet. Foi ai, que colocando as minhas fotos no orkut a minha ficha caiu. Cara, eu tô na África do Sul! O prático da minha ETED está sendo em um lugar que eu sempre quis ir e que agora ganhou um lugar especial no meu coração! Tanta coisa pra ser útil, tanta coisa pra ajudar e tantas pessoas pra transformar! Começei a ficar empolga com o que Deus vai fazer aqui!!!

 

Pelo fato da condição de vida da comunidade que a gente está ser tão precária, tem muitos ratos. É, até na creche que a gente está morando. Falei, Deus, eu sei que tem rato aqui mas por favor, não me deixa ver nenhum! Bem engraçada essa oração né? Pois é, eu fiz! E mais engraçado, orei antes de ir pro lugar da net (onde minha ficha caiu) e quando voltamos, a primeira coisa que vi foi…… UM RATINHO CINZA em uma das salas! Minha reação foi a mais comédia de todas! Gritei e sai correndo atrás da Paulinha! Todo mundo riu, mas não achei nada engraçado! Poxa Deus, ai não dá ne?hahaha Uma pequena parte do pessoal foi tentar correr atrás do rato, tadinhos.. ficaram frustados! O bicho é mais esperto do que a gente achava!hahaha

 

Depois dessa experiência, que espero ter sido a única, a gente foi fazer a nossa intercessão em específico para as eleições. Meu coração ainda estava batendo forte e eu estava sem lugar! Não estava entendendo o porque disso tudo. Foi ai que Deus me cativou ainda mais.. na mesma ora que esse sentimento me veio, olhei pra fora da casa e vi o por do sol! Ouuuuuuuuuu, Ele me cativa quando observo o céu! E nesse dia o céu estava ainda mais bonito que o de Piratininga.. Estava incrível de tão lindo. Fomos lá pra fora observar o restinho dele, tentei tirar uma foto.. mas nada comparado a beleza de ver ao vivo! Percebi nesse exato momento que apesar de tudo, Ele esta comigo, bem pertinho! Ai tudo ficou mais fácil.. Ou, Deus é incrivel e SEMPRE consegue voltar a minha atenção pra Ele.

 

Estou muito feliz por estar aqui, tô me acostumando a cada dia e a vontade de morar aqui na Cidade do Cabo só está aumentando!hahaha

 

A quinta-feira (23 de Abril) foi um ótimo dia, presente de Deus! Foi o dia que a gente teve algumas reuniões com o pessoal do “All Nations”, uma organização tipo a JOCUM e depois conhecemos duas outras equipes. Uma delas está fazendo ETED aqui na África do Sul e na semana que vem vão pra Indía fazer o prático, a outra é da Australia (Perth) e também estão fazendo o prático aqui. Eles nos levaram pra conhecer outra parte de Masephumele e no final do dia tivemos uma reunião na Igreja Batista daqui, com os jovens! Foi um momento de descontração e de bastante entrosamento. O pessoal é uma graça e eu ri bastante!  Sabe o que é ainda mais legal? Saber que em todo o mundo tem jovens compromissados em levar o evangelho de Cristo a toda criatura! Pessoas que ouviram e entederam o chamado de Deus e apenas foram cumpri-lo.

 

Tenho certeza que Deus ainda vai fazer muita coisa, estou doida pra ver como! Ahhhhhhhhhhhhhhhh Deus, é tão bom estar no centro da sua vontade! Muito obrigada por me escolher pra estar aqui, me sinto privilegiada e bastante empolgada! :)

 

 

 





Sendo fascinada por Ele

17 04 2009

A semana passada foi um tempo de muito, mas muito crescimento pra mim. Tempo onde verdades foram firmadas e desafios foram estabelecidos. Foi um tempo de rever conceitos, de descobrir erros e de procurar não comete-los e um tempo de amadurecimento. Como é bom ser lapidada por Deus! É bom saber que estamos no caminho certo e de que Deus é extremamente cuidadoso comigo. O aperfeiçoamento é um processo e que na maioria das vezes é bastante dolorido, mas eu sei que no final vai valer a pena.. como vai!

Na semana passada tivemos aula de Relacionamento (Edna Gaspar) e de Caráter de Deus (Fabiano Alves). A primeira pra mim foi mais do que uma aula, foi um tempo onde Deus me deu uma “acordada” para vida. Senti como se Deus estivesse organizando o cosmo!rs Nessa semana senti que estava andando no escuro e que tudo estava bem bagunçado. Sensação horrível! Mas ai Deus veio com o refrigério, “estou é colocando tudo em ordem, fique tranquila”.

Nessa aula aprendi que a base de qualquer relacionamento é o respeito. Aprendi que as pessoas precisam ser conquistadas e que Jesus também investiu em relacionamentos e pessoas.

Quando eu me relaciono com alguém, eu devo dar sem esperar nada em troca. Relacionamento é pagar o preço por alguém, por qualquer pessoa. E isso sinceramente não é muito fácil. Aprendi que preciso escolher amar, é verdade, o amor é uma escolha.. e diária, pra ser mais clara! Amar a pessoa não significa aceitar tudo o que ela faz de errado, significa amar a cima de tudo! Aprendi que Deus separa a pessoa do pecado, ainda bem né?

Aprendi que meu amor por Deus é refletido no meu amor com as pessoas. Como você tem tratado quem está ao seu redor? Tenho amado e praticado isso ou tenho ficado só na teoria mesmo? Se eu sou semelhante a Deus, tenho que fazer o que Ele faria.

Aprendi que eu não preciso de ter medo de arriscar naquilo que Deus me chamou pra fazer. Aprendi que luz é igual a responsabilidade e que eu preciso passar isso para as pessoas! Tenho que refletir o amor de Deus através das minhas atitudes. Deus usa pessoas, fique ligado!

 

Aprendi que existem dois tipos de pessoas: as que passam pela história e as que marcam a história. Qual tipo de pessoa eu quero ser? Qual tipo de pessoa você quer ser? Se assim como eu, você optou pelo segundo tipo de pessoa, não ache que as coisas serão fáceis não! Não escolha marcar a história porque é legal e a “resposta certa” a responder. Essa opção muita das vezes significa passar um “perrengue”, significa ser odiado por algumas pessoas e ser taxado de quadrado na maioria das vezes. Significa confiar PLENAMENTE em Deus, significa andar no escuro e na corda bamba com os olhos vendados sabendo que Ele está te guiando, significa abrir mão dos nossos valores, sonhos e projetos, significa viver sua vida em função Dele! O processo pode ser dolorido, mas no final, você vai perceber que realmente vale a pena fazer tudo isso.

Essa aula abriu meus olhos e me fez querer caminhar mais. Me impulsionou a não perder mais tempo quando se trata das coisas Dele. Me fez rever meus conceitos e me fez priorizar o reino! Eu quero marcar a história, não importa o quanto doa o processo de lapidação, eu quero que o Senhor me use como instrumento de mudança na minha geração e sociedade. Ei, Deus leva a sério o seu compromisso.

A outra aula foi sobre o caráter de Deus. Nela percebi o quanto Deus é acessível a nós e se revela INCANSAVELMENTE! Aprendi que Deus é pessoal e foi Ele que se aproximou primeiro do homem. Aprendi que muita gente conhece as escrituras mas não conhecem o caráter de Deus.

Conhecer a Deus é ter sua própria experiência e assim experimentá-Lo! Preciso conhcer a Deus porque presenciei o caráter Dele e não porque eu ouço ou leio, mas sim porque eu vivi e experimentei! Conhecer a Deus se baseia nas experiências e não na teoria. Nosso Deus é Deus de prática!

Aprendi que não existe coração que não pode ser tocado pelo amor de Deus, que não existe situação irreversível pra Ele e que Ele usa fonte improváveis.

No último momento do primeiro dia dessa aula, o Fabiano cantou uma música que ele escreveu e que fala DEMAIS ao meu coração: Tua voz. E uma parte da música que me chama muita atenção diz assim: “eu abro mão de decidir o que é melhor, vem governar meu coração. És o meu Deus, o meu Senhor, dono de mim e mais ninguém me ama assim.” É assim que Ele quer que andemos, dependentes Dele!

Estou pronto para abrir mão das minhas coisas para aceitar o que Ele tem pra mim? Vale a pena pagar o preço por Ele? Tem que ser por amor e não por obrigação (Mc 10:29).

Aprendi também que Deus me ouve sim, mas isso não quer dizer que Ele vá fazer o que eu espero.

O que falou muito forte ao meu coração foi conhecer um pouco mais sobre a paternindade de Deus! “Nada mais importa quando sinto o teu amor de Pai, amor por mim!”. É forte entender que eu olho para Deus como para o meu pai terreno, o meu relacionamento com Deus, como eu o vejo é reflexo do meu relacionamento com meu pai.

Aprendi que Deus observa os corações e convoca quem não está a toa. Aprendi que quando Deus fala, Ele faz acontecer.. não importa o que for! O que a gente as vezes faz é pegar o caminho mais longo e dar mais voltas pra chegar ao destino. Ele cumpre o que Ele promete e não preciso me preocupar, porque Ele sabe o que prometeu!

O caráter de Deus fascina e conhecê-lo transforma a nossa vida, totalmente! Precisamos ser cada vez mais fascinados pelo caráter Dele!

Conhecer a Deus precisa gerar uma vontade de retribuir o que Ele fez por mim! Outra música que o Fabiano cantou e que foi um “baque” pra mim: “Salvou minha vida, lavou meus pecados, quebrou as correntes, foi crucificado.. e eu? O que eu faço por Ti?”

O que eu tenho feito por Ele e pra Ele? Estou disposta a pagar o preço por Ele?

O marco dessa semana veio através do meu amigo Gui, com uma palavra de ânimo e encorajamento! Aê Gui!!!rs

“Você reflete no fato de que Jesus se sente orgulhoso de você? Orgulhoso de que tenha aceitado a fé que ele lhe ofereceu? Orgulhoso de que, depois de haver escolhido, você o escolha para ser amigo e Senhor? Orgulhoso de que não tenha desistido? Orgulhoso de que creia nele o suficiente para tentar de novo e de novo? Orgulhoso de que confia que ele possa ajudá-lo? Você pensa que Jesus o aprecia por querê-lo, por desejar dizer não a muitas coisas que o separariam dele? Você pensa que Jesus lhe é grato quando você pára para dar um sorriso, de sentir um toque? Você pensa que Jesus lhe seja grato por aprender mais dele para que possa falar a outros mais profundamente e autenticamente sobre ele? Você pensa que Jesus possa ficar com raiva ou decepcionado com você por não crer que ele o tenha perdoado totalmente? Jesus disse, “eu não os chamo servos, mas amigos…” Portanto, há a possibilidade de que cada sentimento e emoção que possa existir entre amigos exista aqui e agora entre Jesus e você” (citado em Um Vislumbre de Jesus, Brennan Manning, pg. 160)

 





Tudo porque Ele se importa

12 04 2009

Quando voltei de viagem, tivemos aula sobre o Perdão (Raquel Tavares), Batalha Espiritual (Lella) e Comunicação e a Bíblia (Wilian Olivato).

Na aula de perdão eu aprendi que perdoar é um ato e também um processo. Ato porque é uma decisão racional, é uma escolha minha e de ninguém mais. Processo porque as reações interiores são trabalhadas também, como raiva e amargura. Perdoar não é sempre uma coisa fácil a se fazer, mas é sempre o certo a ser feito. Perdoar é deixar de lado, libertar, colocar em liberdade. E uma coisa libertadora que aprendi, que tem haver com colocar em liberdade, é que quando a gente não perdoa, a gente se torna escravo da situação. É como se a pessoa ficasse enjaulada no nosso coração e a gente ficaria ligado a essa pessoa. Por isso que quando perdoamos, sentimos um peso a menos. Sentir raiva não é errado, mas querer vingança é pecado.

O perdão é muito mais importante de que imaginamos. Perdoar reflete o caráter de Deus (Mq 7:18), traz libertação a nível espiritual, emocional e físico (Sl 32:3) e é proteção para conflitos espirituais (Sl 103:3, Sl 32:3).
A falta dele é uma brecha enorme!

É, falando assim parece fácil.. mas perdoar é divino! Só pode, porque não acho que tenha nada de natural! Como uma pessoa que fere a gente, magoa e nos deixa grandes traumas pode ser perdoada? Só através de Cristo mesmo.
Aprendi também que eu só alcanço na vida o que eu acredito merecer.

A quem devemos perdoas? Em algumas situações temos que perdoar a Deus, aos nossos pais e familiares, a nós mesmos e a outras pessoas também. A Deus porque as vezes o culpamos por nossos traumas e experiências negativas. “Poxa Deus, eu fiz tudo certo e o Senhor não fez sua parte. Desisto”, “porque eu nasci nessa família”, “porque nasci desse jeito”.. Precisamos parar de culpar a Deus por coisas que estão fora do nosso controle. Tem coisa que a gente não pode mudar, como a família que nascemos, se nascemos homem ou mulher, como eu sou.. precisamos aceitar e mudar a forma que vemos as coisas. As coisas ruins da nossa vida não precisam nos destruir! Reclamar com Deus pra mim é sinônimo de ingratidão, de verdade. Quando a gente reclama por ter nascido de uma forma, estamos dizendo nas entrelinhas que Deus errou e de uma coisa eu tenho certeza, ELE NÃO ERRA. A gratidão abre portas! Quanto mais grato eu sou, mais grato eu vou ser. Aos pais porque na hora não entendemos, mais eles sabem o que é melhor pra gente e a obediência a eles gera frutos e grandes bênçãos. A nós mesmos porque muitas vezes nos culpamos por situações que passamos e sofremos com as consequências delas. Quem você precisa perdoar?

Aprendi que Deus não faz nada sem antes avisar. Ele avisa, mais respeita a nossa escolha, por mais errada que ela seja. Aprendi também que temos o potencial de quebrar o coração de Deus e de capturá-lo também. O que eu, o que você estamos fazendo? Deus nos leva a sério.

Outra coisa bem legal que aprendi foi que Deus é tãoooooo bom, que Ele pega o nosso lixo, recicla e faz uma coisa linda! “Onde habitou o pecado superabundou a graça!” Não importa o que você já fez, o quanto culpou a Deus.. A graça Dele é maior, bem maior do que tudo.

Antes de pedir perdão a alguém devemos orar e falar com Deus a respeito. Abrir o coração pra Ele é muito importante, falar o que encomodou e chateou. Depois, orar pra Deus promover um momento com a pessoa, pedir sabedoria e expor como eu me senti em relação ao acontecido (quando você age assim, eu me sinto assim)..  E levar em conta a honestidade também, preciso investir nisso! Falar com a pessoa e não da pessoa. Não falar acusando, falar a verdade em amor. “Não é o que eu falo e sim, como eu falo”, já diria minha grande mãe!rs

Aprendi que Deus não perdoa, Ele é perdoador. Aprendi que Deus separa a pessoa do pecado. Aprendi que Deus ama o pecador, mas abomina o pecado.

Perdoar não é esquecer, é lembrar do que aconteceu sem sentir dor. Vale a pena investir em relacionamento, vale a pena pagar o preço pela outra pessoa. Não se preocupe, Deus não trata tudo na gente de uma vez, porque Ele sabe que não conseguimos. Ele também nos dá um “break”! Pedir perdão é assumir a minha parte, é ter humildade. Peça pra Deus te revelar a quem você deve perdoar. Ele fez isso comigo, de uma forma bem legal e natural. E sim, me senti bem mais leve.

Na aula de Batalha Espiritual, a Lella falou muito a respeito da nossa mente e identidade. Romanos 12 deixa bem claro que o campo de batalha é na nossa mente e que lugar perigoso esse!  A batalha espiritual é a que está em 2 Co 10:5, levar o nosso pensamento cativo a Deus.

Aprendi que tudo aquilo que acreditamos, é isso que nos tornamos. Aprendi que primeiro eu acredito com a mente, depois com o coração. Esse é um nível mais profundo, ai eu começo a ser aquilo que eu acredito. Tudo aquilo que eu penso e não está conectado com as verdades de Deus, nos faz entrar em batalha espiritual. E se o que pensamos não está alinhado com Deus, o diabo leva vantagem.

Somos corpo, almo e espírito. Como está em I Tl 5:23. O espírito é o elemento de vida em uma pessoa. É invisível, imaterial, homem interior que é imortal. Nos permite ter um relacionamento direto com Deus e é ele que me faz ter consciência de Deus e sobre Deus.
A alma é onde estão nossas emoções, desejos, afetos, vontade ativa, nossa mente, razão, personalidade, consciência própria e ela não é dissolvidada pela morte. O corpo é a realidade física, é o nosso lar temporário.

Aprendi que o que liga a alma ao espírito é o coração. E olha, como ele é importante! O coração é o centro de toda vida física e espiritual. Aprendi que o coração também acredita e tem intuição. O nosso coração é o jeito mais profundo de acreditar nas coisas.

Fui muito desafiada por Deus nessa aula. Desafiada a acreditar com o coração nas verdades que Ele tem me mostrado. Nem sempre é fácil admito, mas é assim que o nosso caráter é moldado. A maior guerra do mundo é a guerra de um palmo, a da mente e o coração. E é nessa área que o diabo mais tenta investir! É ai que está a nossa identidade, quem nós somos em Cristo.. o diabo é tão espertinho que tenta distorcer isso.

Nessa aula descobri que Deus é o mais interessado em me mostrar quem eu sou. Já parou pra pensar na quantidade de versículos que Ele deixou na Bíblia pra nos afirmar? É incrível para pra pensar no cuidado que Ele teve e a muitas vezes ainda duvidamos que Ele nos ama e temos dúvida de quem somos Nele.
Meditar em grego significa pensar sobre. Achei interessante um desafio que a Lella fez.  Meditar nas verdades que são mais difíceis de acreditar. Para deixar que as verdades de Deus tomem conta do meu coração, preciso me ver nessas verdades. Precisa entrar na mente, no coração e começar a deixar aquilo tomar conta de mim. Deixo a você o mesmo desafio, medite naquilo que você precisa ter como verdade. Por exemplo, se você acha que não é filho de Deus, pegue versículos, músicas, textos que falam sobre isso e MEDITE! Não dê lugar ao diabo, ocupe a mente!

Descobri também que temos fortalezas. Fortaleza é o nosso lugar de defesa, de refúgio. E são essas fortalezas que protegem as mentiras do diabo! O desejo do diabo é de nos distanciar do que Deus acha da gente! Fortalezas são os pecados da mente, como orgulho, medo e falsa humildade.

Aprendi que é minha responsabilidade ouvir a voz confirmadora de Deus! Não adianta vir de outras pessoas, eu preciso ter essa certeza. Não há atalhos…

Na aula de Comunicação e a Bíblia fui MUITO desafiada a sair do meu conforto e fazer alguma coisa pra marcar a minha época. Aprendi que não temos autoridade para falar ou julgar outra época, não vivemos nela. Nosso tempo é hoje, é agora! Aprendi que preciso gerar soluções para os problemas da minha época, para os questionamentos do meu tempo! Como lidamos com isso? O resultado dessas soluções é o que irá afetar o futuro dessa geração. A coisa é séria, bastante séria.

Muitos questionamentos foram feitos pra mim nessa aula, coisa de “encucar” a mente mesmo…  Em qual área do mundo a igreja está na frente? O que eu vou deixar pra próxima geração? Estou arriscando o suficiente pra mudar a época que eu vivo?

Aprendi que não adianta ficar só ouvindo, temos que partir pra prática! Vamos sair da nossa zona de conforto e deixar que Deus nos use?

“Deus criou o início e escreveu o fim, o meio é a gente que faz”. Às vezes paro e penso, se Deus não voltasse mais, se não existisse vida eterna.. eu continuaria amando Deus ou será que o meu relacionamento  é com Ele é a base de troca? Já parou pra pensar nisso?
Eu preciso adorar a Deus por quem Ele é, e não pelo que Ele dá ou faz.. isso só é consequência da busca por Ele!

Aprendi que preciso afirmar o que é bom e contestar o que é mau! Não me conformar com os padrões que o mundo impõe e nos manda fazer. Aprendi que Cristo é a comunicação de Deus. Ele é a ponte que nos liga a Ele.

O que eu deixei marcado na vida das outras pessoas, das pessoas que me cercam? O que eu queria que escrevessem sobre mim no meu túmulo? O que eu tenho feito? Já vivi 1/4 da minha vida!

Não ter medo do risco, não ter medo errar.. é isso que Ele disse pra mim!

“De cada 100 homens 10 lerão a Bíblia, 90 lerão o cristão” . 
Dwight L. Moody

Nós somos a literatura do Mundo, vamos fazer diferença!





Sim, ELE é fiel!

12 04 2009

Estou um pouco atrasada com o semanário, mas tinha que escrever a respeito da minha volta pra casa. Tiramos esse tempo pra levantar sustento pro tempo prático e foi muito, muito bom!
Foi bom rever minha família, estar mais perto dos amigos, falar do que aprendi aqui, ver a fidelidade de Deus a cada minuto e em cada detalhe.
Saí daqui dia 18 de Março e voltei dia 24, com duas ótimas companhias de viagem.. a Paulinha e a Sara.

Lá em Belo Horizonte tive a oportunidade de pregar no culto de jovens, falei a respeito da aula do Felipe, sobre Santidade Acessível. Foi um tempo muito gostoso, onde grandes verdades foram reveladas e mentiras e valores do mundo foram embora! Deus é incrível!!!

Foi muito bom rever o pessoal da Fonte Eterna e ver como eu sou abençoada com a Igreja a qual pertenço. Voltei pra levantar sustento e Deus proveu TUDO em apenas um final de semana! Glória a Deus..!
Nesse tempo, recebi ofertas e corações, recebi carinho, segurança, ânimo e muita alegria! Crianças contribuíram com o próprio dinheiro e outra entregou todas as economias! Me sinto privilegiada por Deus por fazer parte de um rebanho assim. Elas investiram no reino de Deus, a recompensa disso será imensurável: o evangelho vai chegar até a ÁFRICA DO SUL! Deus é bom demais!

Obrigada a todas as pessoas que contribuíram para a minha ida, que me motivaram, que oram por mim e que estão do meu lado nessa caminhada.. vocês são parte de mim, muito obrigada!





Liberdade em Cristo

7 04 2009

dsc002781

Na semana passada a que eu fui a Belo Horizonte, tive duas aulas que foram super libertadoras pra mim: a de temor do Senhor e de Santidade acessível. Na primeira delas, Deus falou muito comigo sobre honestidade. Aprendi que temor do Senhor não é ter medo dele ou do pecado, é um ensino correto baseado em fundamentos imutáveis, a prática desse ensino e a honestidade.. esses três andam juntos e são inseparáveis.
Por falar em honestidade, aprendi que a Bíblia é honesta.. as vezes até demais!rs Mais é sério, ela não esconde as mancadas dos personagens e nem fantasia nada, ela fala o que aconteceu! Então, porque eu teria o direito de ser desonesta?

Aprendi que o “lance” é ser prático e honesto com Deus e as pessoas também. Com Deus, porque Ele conhece o nosso coração e nos conhece mais do que nós mesmos.. então, não adianta mentir pra Ele. O melhor a fazer é escancarar o coração pra Deus, assim a gente se sente melhor e Ele também. Acho que é desse jeito que ganhamos o coração do Pai, com honestidade! Davi foi um homem segundo o coração de Deus e foi uma pessoa SUPER honesta! Toda vez que ele pecava, ele não se escondia! A prova disso? Os salmos que ele escreveu. E honestidade com as pessoas também. É importante falar a verdade em amor, precisamos ser transparentes e deixar as pessoas nos conhecerem também.

Agora, falar em temor também é falar do pecado. Nessa aula aprendi que ser tentado é diferente de pecar. Ser tentado é ter vontade de pecar, não é pecar! Já o pecado é quando eu me deixo ser dominado por meus desejos. Outra coisa, Jesus foi tentado sim, mas não pecou! E olha, Ele também era super honesto! Todo mundo já ouviu falar da tentação de Jesus né?Ele estava com fome (jejum) e foi levado pelo espírito para o monte. Era só o diabo e Jesus, só. Lá, Ele respondeu o diabo com Bíblia pura! Bem legal né? Mas, você já parou pra pensar quem escreveu a história da tentação? Não? Nem eu! Já li essa passagem mil vezes e nunca parei pra pensar nisso! Jesus deve ter chegado para os discípulos e falado: gente, hoje eu passei um perrengue com o diabo! Cara, eu estava com fome e ele lá.. me tiçando! Mais olha, eu superei tudo!

É gente, Jesus era honesto com Deus e as pessoas! Isso me tranquiliza e me faz ainda mais querer parecer mais com Ele! Ele foi tentado, mas não pecou.

O pecado é uma questão de tempo e espaço. NINGUÉM peca sem querer, é uma decisão que desencadeia uma ação! Temos que assumir os nossos erros e pecados, não colocar a culpa em ninguém. O erro foi nosso e a consequência também vai ser. Se eu tenho vontade de pecar, peco e ainda coloco a culpa no diabo eu sou pior do que ele! É mesmo.. A honestidade antes de tudo é uma escolha minha!

Se eu não consigo ser honesto com Deus, qual é a minha base cristã?

Caminhar com Deus não passaporte para o sucesso! Preciso confessar meus pecados para ser honesta, isso é um grande passo para vencer os pecados! Qual foi a última vez que você fez isso? Qual foi a última vez que eu fiz isso?Minha reputação não é importante, até para pecar estamos preocupados com a nossa reputação! Até nisso somos egoístas! É mais fácil de pecar quando estamos com fome, com raiva, sozinhos e cansados. É, pare pra pensar…..

Nós somos santos e lidamos com o pecado ocasionalmente. Somos santos sem merecer, já fomos santificados e estamos em Cristo. E sem santidade, ninguém verá a Deus! Uma outra coisa, nós não saímos da presença de Deus quando pecamos. Se saíssemos, o nosso relacionamento com Deus seria muito descartável, não?

Deus está mais comprometido com a gente do que queríamos que Ele estivesse. Deus, eu quero enxergar o Senhor como o Senhor é e não como eu quero que o Senhor seja!

Voltando na tentação de Jesus.. Ele começou a ser tentado onde a gente já tinha entregado o ouro há tempos! 40 dias de jejum??? Não é pecado transformar pedra em pão, mais o que vale é a motivação para a ação! Se o Jesus fizesse o que o diabo estava pedindo, ai sim Ele estaria pecando. Por isso, o que vale é a motivação para ação. É a motivação do coração que importa, Deus conhece o nosso coração e não adianta mentir pra Ele.

Aprendi que Deus é MUITO PODEROSO! Para pra pensar, Ele sabe o que todo ser humano está pensando, 24h por dia, sete dias na semana, desde a fundação do mundo! Olha o que queremos colocar na caixinha? E as vezes ainda falamos, Deus não age assim. Quem somos nós pra entender a maneira que Deus vai agir? Quem somos nós pra entender essa grandeza toda? É impossível entender isso…

Aprendi que Jesus era frágil e andava com os fracos. Aprendi que Ele não me violenta para ser uma coisa que eu não sou. Ele me criou assim e me ama assim! Aprendi que nós somos fracos, se fóssemos fortes, Jesus não seria tão fundamental. “Não existe lugar pra gente forte no cristianismo, existe lugar pra gente honesta!”

“Deus, eu não quero tentar ser forte, quero depender de Ti ainda mais. Me ensine a dizer sim para o Senhor e não só para o pecado. Me ajude a ser honesta com o Senhor e com as pessoas. Me carregue no colo, porque eu não consigo caminhar sozinha. Quero conversar com o Senhor como meu melhor amigo, essa é a sinceridade que eu quero. Obrigada pela graça e pela tua aceitação!”

Pare e pense, que cristianismo você tem vivido?

dsc001601Outra aula foi a de “Homilética”, com o Pr. Wesley. A vontade de Deus é transmitida pela palavra, não há vontade de Deus sem estar ligada a Bíblia! Aprendi que o uso da palavra requer sabedoria e humildade. Devemos ter cuidado com o que falamos para as pessoas e sobre o que..A palavra de Deus não é qualquer coisa!

Aprendi que não existe alegoria, biblicamente falando! Não posso afirmar aquilo que eu não conheço, então tenho que me aprofundar cada vez mais na palavra Dele… assim o conheço mais e não saio falando qualquer bobeira!

Nessa aula fomos desafiados a montar uma pregação e falar na frente de todo mundo. Preguei sobre Filipenses..

 atgaaabvzac_vrv__qd_id8sbrte6lvhw41bxdhzxn1ws1yb6o6boothbplm919qligammq619glc3qvommqas2j6ochajtu9vbsh4jkdzgvsjwipundbnumulz-fa1

E por último, a aula ministrada pelo Felipe Duarte (diretor da ETED), sobre Santidade Acessível. Para mim, essa foi uma (senão a melhor) das melhores aulas ministradas aqui. Aprendi que a salvação é um processo, ela passa por um processo. Não é apenas levantar as mãos na hora do apelo e andar com gente crente não. A salvação é:

-Regeneração, que significa nascer de novo, recriar do nada.Viemos da linhagem de Adão, somos pecadores e nessa primeira parte, abandonamos a raiz do pecado.. começamos de novo! Esse é o início do processo! É quando decidimos abandonar a raiz e não maquiá-la! Se eu não nascer de novo, eu não estou salvo.

Há uma diferença entre aceitar a Jesus e nascer de novo. Quando aceitamos a Jesus ainda não entramos no processo e quando nascemos de novo, pagamos o preço do abandono. Nesse processo, reconhecemos o sacrifício de Cristo.

-Depois nós somos justificados (Rm 3:24,25); (2 Co 5:21). É quando aceitamos o sacrifício, pela graça e pela cruz! Nós fomos justificados por meio de Cristo. É aqui que a cruz passa a ser reconhecida! Quando eu reconheço a cruz eu conheço quem Deus é e quem eu sou. Não devemos esquecer que Cristo veio para afirmar minha identidade! Se eu não sei quem eu sou, eu não reconheço a cruz. E o diabo veio para isso! O engraçado é que ele também tentou Jesus na identidade e na paternidade Dele. Será que ele se preocupa muito com isso? SIM! Não podemos viver debaixo da condenação do diabo! Precisamos ter nossa identidade firmada em Cristo! Com Ele somos maioria!!!

Vamos passar por crise de identidade em alguns momentos, mas devemos lembrar que nossa identidade tem que estar em Cristo, devemos ter certeza dela!

-A santificação é a terceira etapa. Nela, nós respondemos ao sacríficio, respondemos ao que Ele fez por nós! É o processo de aperfeiçoamento até que Cristo seja formado em nós. Nós somos santificados por meio das nossas escolhas.. qual tem sido a maioria das minhas escolhas?

Santificação signica inteiro. Preciso estar inteiro em Cristo e com Ele! As minhas escolhas refletem quem eu sou e aonde estou com o coração. É importante pensar sobre isso!

Em Romanos 12 está escrito para não nos conformarmos com este século, mas transformar a nossa mente em Cristo Jesus. A única maneira de ser santificado é Cristo renovando a nossa mentalidade! É METANÓIA, que é mudança de mentalidade e não de ações.. as ações são consequências!! O processo de renovação da mente = ao processo metanóia. Nele, os valores e mentiras do mundo saem, dando lugar as verdades e valores do reino! A conformação com este século é um sinal de falta de metanóia!

Só a luz de Jesus mostra as verdades. Mas, como tenho essa luz? No relacionamento com Cristo. Quando mais relacionamento, mais luz eu tenho e mais verdades são fixadas na minha mente! E na Bíblia, metanóia é igual a arrependimento!

O processo de santificação começa com o arrependimento, que tem que ser genuíno (mt 3:2). Preciso abrir mão do que é ruim, do estilo de vida que tenho levado e ai começa o processo de metanóia.

“Agora, porém, libertados do pecado, transformados em servos de Deus, tendes o vosso fruto para a santificação e, por fim a vida eterna” Romanos 6:22

Nesse versículo, todo o processo da santificação é relatado! Libertados do pecado (regeneração), transformados em servos de Deus (justificação), fruto para a santificação (santificação) e a vida eterna (a glorificação). Nossos frutos são gerados através da santificação, da metanóia! Qual tem sido o seu fruto?

E por último, a glorificação, que é o fechamento dos processos.. É o resultado da salvação!

Nosso conceito de santidade está baseado no pecado. Pra gente, quanto menos pecado eu tenho, mais santo eu sou. CONCEITO ERRADO! Por isso as pessoas desistem do evangelho, descobrem que nunca vão atingir a perfeição aqui na terra.. ai, simplesmente abandonam o processo!

A santidade deve ser baseada na aproximação de Cristo! É como se nosso caminho fosse uma grande reta, não descemos escadinha quando pecamos! Nessa reta, quando pecamos ficamos no mesmo lugar. Se não existir o arrependimento, continuamos parados! O arrependimento é o que me faz avançar nessa aproximação! Cristo está no final dessa reta, nos esperando e chamando para continuar a caminhar!

Deus não está preocupado se eu chego no final, Ele está preocupado com o meu processo, no meu crescimento! Quanto mais eu me aproximo de Cristo, mais santo eu sou! Logo, eu deixo de pecar, que é a consequência disso tudo!

Quanto mais perto eu estou de Cristo, mais eu sei quem eu sou e mais honesto eu fico! Deus quer nos aproximar DELE! Ele não abre mão fácil de ninguém, Ele vai até o final por mim e por você.. faz isso porque nos ama!

Qual tem sido minha resposta ao processo de santificação?





Conhecendo o “diamante”

20 03 2009

No dia 5|3 tivemos aula sobre Renúncia de direitos, com o Sandro, líder da base de São Paulo. Deixei pra falar nessa semana porque na semana passada tivemos o “Bazar da renúncia.” Nessa aula, eu aprendi o que a renúncia significa de verdade. Renúncia é todos os dias, não é uma só vez. É entregar VOLUNTARIAMENTE alguma coisa que é NOSSA por direito, ou seja, algo legal que nos pertence. Não adianta renunciar pra outra pessoa ou coisa de outra pessoa, é pessoal. Acho muito legal o modo de Deus agir. Cara, nem nisso Ele interfere! Ele dá a direção e mostra o caminho, eu vou se eu quiser.. Ele não vai nos forçar, a escolha é nossa, parte da gente.

Outra coisa, a renúncia só é concretizada quando eu abro mão de verdade. Não adianta só falar, tenho que entregar no meu coração também.

O que mais me chamou atenção foi que a renúncia não é necessáriamente coisa material não. Renúncia de direito é gastar tempo com Deus em primeiro lugar, essa é a primeira atitude de entrega. Deus é Deus de relacionamento, Ele ama se relacionar comigo e com você. É tão bom saber disso. Se a gente for parar pra pensar, Deus (no antigo testamento), Jesus (novo testamento) e o Espírito Santo (agora) “desceram” pra ter relacionamento comigo. É muito egoísmo não gastar tempo com a trindade. Preciso gastar mais tempo com alguém que abandonou os céus pra se relacionar comigo! Deus é loucamente apaixonado por mim e por você! É por isso que a meditação é tão importante. Me ajuda a ter uma disciplina para desfrutar de uma relação com Ele, todos os dias.

Em Marcos 1:35-39, Jesus acordou mais cedo, se retirou do lugar que estava, foi sozinho para o deserto para orar! Na maioria das vezes eu preciso fazer isso para ter um tempo só meu com Ele. Não existe desculpas, não mesmo. Jesus era o “pop star” da época! Em todo o tempo havia pessoas ao redor Dele e Ele mesmo assim tirava um tempo para falar com Deus. Aqui na ETED tenho aprendido a ter disciplina a dar voluntariamente um tempo DE QUALIDADE pra Deus. E você, já conversou com Deus hoje? Todos os dias seremos desafiados a tirar esse tempo. Lembre-se: “Deus não faz nada por necessidade e sim por prioridade!” Preciso priorizar TODOS os dias as coisas de Deus! Tudo o que eu posso fazer, Deus não vai fazer por mim.

Você já parou para pensar pra quê Jesus veio até a Terra? Por dois simples motivos: para ser meu amigo e companheiro. Deus é Deus amigo, veio para se relacionar com o homem. E é companhia também, Emanuel, Deus conosco. Jesus não andou sozinho, escolheu 12 para caminhar com Ele. Mas, e a cruz? A cruz é consequência disso tudo!

O significado da palavra companhia é compartilhar a mesma função, viver da mesma coisa. Quando falo que estou em comunhão com Cristo, digo que compartilho, recebo e vivo na mesma função de Cristo. Deus têm sido seu companheiro?

Eu amo estar com pessoas, o tempo todo se deixar. E tem sido um desafio pra mim renunciar uma parte do meu dia, ficar quietinha e ouvir Deus falar. Ai eu pensei, se eu renuncio meu tempo com meus amigos, por que eu não faço isso com Jesus? ELE VEIO PRA SER MEU AMIGO! Foi nessa semana (passada) que eu tive a idéia de todos os dias escrever pra Deus. Nó, tem sido tão bom! Até sai um dia sozinha e fiquei pensando alto com Deus. É muito bom passar tempo com Ele! Essa é a segunda atitude de entrega, que é consequência da primeira (renúncia do tempo), eu desenvolvo relacionamento com Deus amigo.

Há uma gigante diferença entre ser servo e amigo. O servo espera reconhecimento e recompensa, já o amigo não. O amigo faz propaganda de graça! [Jo 15:15]. Obrigada por ser meu companheiro pelo dia inteiro, Senhor!

Falei sobre isso porque aprendi que devemos olhar nossas experiências como amigo, e não como servo. Aonde eu estou agora é o melhor momento que Deus tem pra mim! Preciso dar valor às minhas experiências, reparar nelas e não resmungar! E dar valor às experiências sem murmurar é viver o evangelho. Eu preciso ser testemunho! Não adianta nada ganhar o mundo inteiro e perder a minha alma. Preciso viver mais..

A renúncia é a expressão do meu amor por Deus, quando renuncio meu tempo eu desenvolvo um relacionamento com Deus, logo, começo a andar na luz. E andar na luz exige REPOSICIONAMENTO e andar em novidade de vida! É uma renúncia diária. O texto de Lucas 5:27,28 fala sobre Levi (que é Mateus). Fala que Levi deixou tudo, levantou-se e seguiu Jesus. Quando ele levanta, ele muda de posição, muda de vida! Antes está escrito que ele tinha fama de desonesto, mas ele resolveu tomar uma posição. Quando a gente se dispõe a levantar, enxergamos outros horizontes. Preciso ter determinação pra romper o ambiente e ai, mudar meu coração. Porque de nada adianta mudar de ambiente se o coração não foi transformado. A mudança do ambiente reflete na mudança do coração! Aqui nesse texto, Mateus levanta, vê novas oportunidades, novas esperanças.. larga tudo e segue Jesus. Só podemos mudar tudo quando mudamos o nosso coração.

Mais como eu sei o que preciso renunciar? Fácil. Tudo aquilo que toma o lugar de Deus na minha vida e que me impede de ter um tempo com Ele. Precisamos priorizar o Reino de Deus, assim a vontade Del será feita na Terra. “Que venha o seu reino e seja feita a Tua vontade..”

A renúncia tem que me fazer andar em novidade de vida! O novo não se ajusta com o velho, tudo isso é um processo. Hoje, não estamos acostumados a trabalhar com processos, queremos tudo rápido. É de glória em glória a mudança de vida. Não eu converti e “pá”, deixei de mentir e de fazer o que eu fazia antes de uma vez só.. é devagar a mudança. Quando eu conheço Deus, é impossível outras pessoas não o verem através das minhas atitudes.

 

dsc026342

 Bazar da Renúncia

” Senhor, Tu examinaste a fundo a minha alma e conheces todas as coisas a meu respeito.Saber isso é algo tão maravilhoso que eu não consigo compreender! Antes mesmo de o meu corpo tomar forma humana Tu já havias planejado todos os dias da minha vida; cada um deles estava registrado no teu livro!” Salmos 139: 1, 6 e 16.
 

 

Estilo por design é uma aula ministrada pela Carlinha, obreira daqui da Vila. É uma aula onde descobrimos sonhos, analisamos experiências, nos conhecemos a fundo, firmamos nossa identidade e descobrimos dons que Deus nos concedeu. É uma aula divisora de águas e de grande ajuda, foi assim pra mim.

SONHOS
Aprendi que Deus me deu tudo o que eu preciso para ser quem Ele sonhou. Deus vê além e me dá ferramentas para a concretização dos meus sonhos. Há duas coisas que me impedem de entender os sonhos de Deus. A primeira delas é duvidar da nossa origem, duvidar de quem nós somos em Deus. E a segunda é a cosmovisão espiritualista, a cosmovisão deturpada dos dias de hoje.

Aprendi que Deus não trabalha com geografia, Ele trabalha com pessoas.. Deus é Deus relacional. O que Deus tem pra mim começa hoje, não preciso esperar ir para algum lugar pra isso acontecer não.

Mais como descobrir os sonhos de Deus pra minha vida? Então, aprendi que Deus tem formas diferentes de tratar cada pessoa e aprendi também que Deus não vai me pedir pra passar o resto da minha vida fazendo uma coisa que eu não goste. Que pai seria esse? É por isso que você, assim como eu me perguntei, deve se perguntar o que te faz vivo, o que você gosta realmente de fazer e busque isso! O mundo precisa de pessoas vivas para colori-lo e ter cor é ter as atitudes de Jesus.

Descobri que nenhuma criança brinca igual, por mais incrível que isso pareça. E aprendi que o nosso chamado ter haver com a nossa brincadeira de criança! É mesmo. Minha mãe me disse que eu sempre carregava alguma coisa. Gostava de cuidar das minhas bonecas e cantava o tempo todo. Ah, foi bem gostoso relembrar a infância e as brincadeiras intermináveis que eu tinha com a minha irmã. :)

Aprendi que chamado e identidade não se negocia por causa de relacionamento nenhum! Deus precisa de pessoas em todo lugar, fazendo coisas diferentes! O mundo é grande…

E como faço para tornar os sonhos de Deus real? Confiar no que Ele diz e prometeu. Deus vai falar da maneira que eu entendo, mas tenho que saber qual é. Não dar ouvidos a voz do diabo e nem a voz de pessoas, que muita das vezes são grandes matadoras de sonhos. Preciso pensar mil vezes antes de contar um sonho para alguém, às vezes, essa pessoa pode tentar me impedir de realizá-lo. Não posso ter medo também. O medo paralisa as pessoas.É preciso confiar e avançar, por mais difícil que isso pareça na maior parte das vezes. É preciso ter a mente e o coração juntos para caminhar no que Deus tem. Guardar o coração é checar motivações.. qual tem sido a motivação do meu coração?

Os meus sonhos devem honrar e glorificar o nome de Deus. É através desses sonhos que eu devo correr atrás. ELE TEM UM PLANO! “Eu sei que pensamentos tenho a vosso respeito…”

Preciso abraçar o sonho de Deus e andar em fé. Preciso ajudar pessoas a reconher o chamado de Deus na vida delas, preciso ser sal e luz. Preciso ter perseverança para tornar o sonho realidade. Preciso entender que Deus vai levantar tudo o que eu preciso para que o sonho Dele se torne real. Eu tenho que fazer o possível, porque o impossível é Ele que vai fazer. Quando eu quero fazer o impossível, tento tomar o lugar de Deus! Não posso ficar parada esperando o sonho se realizar, tenho que correr atrás, sair da caixinha!

EXPERIÊNCIA
Normalmente, quando passamos por uma experiência ruim, ficamos em uma zona de conforto.. com medo de nos machucar de novo. Mas, Deus nos chama a olhar as experiências de outra maneira, preciso ser grata a Deus pelas experiências, são elas que forjam meu caráter. Preciso ter gratidão, que é uma atitude interna. Gratidão não é agradecer o que eu recebo e sim contentar com o que tenho.

O medo é uma arma que realmente paralisa, há três tipos dele.

- A culpa: medo do passado
- A ansiedade: medo do presente
- A preocupação: medo do futuro.
Qual medo tem me impedido de confiar em Deus?

IMPRESSÃO DA ALMA
Nos ajuda a descobrir quem somos. Se extrovertido ou introvertido, se recebo informação passo-a-passo ou se tenho visão global, se sou mais mente ou coração na hora de decidir as coisas, se tenho o estilo de vida planejado ou espontâneo.

Então, descobri que eu sou extrovertida, recebo a informação de visão global, sou coração e tenho o estilo de vida espontâneo. Essa parte da aula me ajudou a me conhecer bem mais e a entender porque eu sou assim!haha

IDENTIDADE
Em Gênesis 3 o diabo usa vários caminhos para deturpar nossa identidade, como a dúvida do caráter de Deus. Aqui, a presença de Deus na viração do dia não era mais suficiente, então, achamos que nunca seremos bons para Deus, o vemos distante e achamos que Deus se esqueceu de nós no meio do caminho. Quando distorcemos o caráter de Deus, afetamos nossa identidade, ela é quebrada.

Hoje, a nossa identidade está moldada na maneira que os outros dizem, que os outros falam e esperam. Não conhecemos Deus e principalmente, não sabemos quem somos Nele. O diabo é esperto e sabe a área que somos mais vulneráveis e vai bem nela. Eu preciso conhecer as verdades para quebrar as mentiras que são colocadas na nossa mente, através de pessoas e do próprio inimigo.

Verdades que precisam ser restauradas:

-Nós somos filhos de Deus
-Ele nos revela mistérios escondidos
-Confiança no que Ele diz
-Somos livres para desfrutar de relacionamentos saudáveis
- Deus tem um plano para minha vida e é um plano muito bom!

Nossa identidade tem que estar firmada em Deus! O diabo não tem poder para colocar mentiras na minha vida mais.. :)

DONS
Os dons podem ser naturais e sobrenaturais. Eles devem refletir a glória de Deus e não me exaltar.
Aprendi que tudo o que Deus me dá não é meu. Posso desfrutar, mais tenho que compartilhar. Preciso lutar pelos meus dons.

Há dois tipos de dons, motivacionais e equipacionais. Os dons motivacionais são para todo mundo. São dados por Deus, nos inspiram e levam para certas direções. Nos ajuda a influenciar, apreciar nossas diferenças e a necessidade de ter outros ao nosso redor. Podem ser usados pro bem ou pro mal.

Os dons equipacionais são como edificamos o corpo de Cristo (Ef 4:11-13). Apóstolos, profetas, evagelistas, pastor e professor são eles.

Nessa parte da aula, aprendi que existe 8 áreas de influência na sociedade. Devemos ser cristãos que “contaminem” essas áreas! (Religião|Igreja, economia, artes e entretenimento, mídia, educação, família, governos|leis, ciência e tecnologia.)
Descobri que Deus tem me chamado para influenciar artes|entretenimento e a Igreja. De glória em glória chego lá! :)

gems_525x3308No final dessa aula, escrevemos mentiras que foram colocadas na nossa vida e algumas verdades distorcidas e levamos até Deus, com uma condição:  trocar por ser quem Ele sonhou que a gente fosse. Era pra deixar o papel na frente e pegar uma massinha. Com ela, era pra gente moldar como Deus vê a gente. Fiz isso tudo, foi dolorido mas libertador! Deus me vê como um diamante. Um diamante que pra mim era oco por dentro, mas Deus nesse dia me mostrou que estava enchendo o “diamante” com novas verdades Dele a meu respeito! Sim, Ele quer que eu brilhe!








Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.